quarta-feira, 11 de março de 2009

Para ler ouvindo: Coldplay - Fix You

Você, mais do que ninguém, sabe como eu fujo de sentimentos clichês. Não gosto da paixão, nem do medo, muito menos das saudades. Evito despedidas e reencontros muito emocionais. Você já me viu chorar; eu fico vermelha e estranha. Eu borro a maquiagem e as riscas pretas escorrem meu rosto. Pareço um pintura abstrata que não quis ser esteticamente aceitável.
Eu aprendi a lidar com a sua distância repentina, e você com a minha. Chegamos num ponto de entender a necessidade de silêncio uma da outra. Eu aprendi seus filmes preferidos e você os meus, eu descobri que podia te ligar às duas da manhã e você descobriu que as palavras de 'estou aqui pra você, sempre' eram mais reais do que imaginava.
A gente se conheceu e ponto. Nos escondíamos por trás de roupas e afastávamos olhares como quem protege o coração de mais decepções. Eu precisei falar demais pra esconder a falta de ter a quem dizer e você me ouviu. E me ouviu por mais três longos anos, sendo minha fuga num lugar com tanta gente e tão pouca afinidade. Você é minha fuga. É minha maior confiança.
Mas agora você vai. Não pra sempre, mas pra longe. E eu fico só de novo, e sinto tanto a sua falta... Você é meu apoio.
Amiga como você não é fácil de encontrar, mas é ainda mais difícil perder. A distância não vai ser suficiente. Espero que você veja em mim o que eu sempre vejo em você: a eterna companhia da minha vida.

Lights will guide to home
And ignite your bones
And I will try to fix you

8 comentários:

  1. Gosto de pinturas abstratas.

    Obrigada pela visita e pelo elogio!
    :)

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigada pela visita. Adorei seus textos, me identifiquei muito. Grande beijo!

    ResponderExcluir
  3. Pareço um pintura abstrata que não quis ser estéticamente aceitável.

    adoro metáforas...

    Escreve mto bem vou favoritar

    ResponderExcluir
  4. E quando essas amigas-irmãs se vão, é como se o mundo perdesse um pouco da cor. Não é o fim completo, mas é o enorme vazio da saudade.

    Obrigada pela visita e sinta-se abraçada!

    Prih. (JPC)

    ResponderExcluir
  5. Obrigada pela visita,lindona!!Lulu é mesmo um orgulho,amo muito aquela guria.Montão de carinho.

    ResponderExcluir
  6. Ooooi!
    Tudo bem?
    Obrigada pelo comentário =)
    Li o seu texto também, uma homenagem muito linda!
    Parabéns! =]
    Beijos =*

    ResponderExcluir
  7. Talvez não veja esse comentário, mas como sempre, leio esperando algo comum. Termino, releio, e continuo com o sorriso e como se meus olhos estivessem brilhando, ou apenas emocionados, não por apenas esta escrito - palavras que tornam-se bonitas por serem sinceras -, mas coincidentemente, suas palavras, seus textos, tão eu. Parabéns!

    ResponderExcluir